Resposta: A África é um continente habitado por diversas etnias. Dessa forma, a complexidade cultural africana não permite que qualquer pergunta tenha uma resposta única. Em relação à religiosidade, devemos identificar os aspectos geográficos, históricos e culturais do continente africano, a fim de compreender essa complexidade. Os africanos genesíacos (primitivos) e os que ainda vivem de forma tribal são "animistas". O "animismo" não deve ser considerado uma religião, pois não é sistematizado. É uma crença na existência dos espíritos, os quais se configuram como os ancestrais africanos e que estão ligados aos elementos da natureza. Portanto, permanecem entre os viventes, com os quais se comunicam através dos iniciados. Os colonizadores portugueses impuseram, aos africanos, o cristianismo católico. No entanto, como os árabes migraram para as regiões colonizadas, a religião muçulmana ainda é a mais praticada em diversos países africanos. Quanto às religiões afrodescendentes praticadas no Brasil, elas possuem fundamentos do animismo africano, mas foram constituídas no território brasileiro.

Exibições: 11

Responder esta

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço