ANOTAÇÕES DA AULA 7

 Meio Ambiente e Educação Ambiental

OBJETIVOS DA AULA:

- Nesta aula retomaremos o recorte do processo da evolução do homem no planeta, apresentando novos aspectos.

- Discorreremos sobre o meio ambiente e sobre alguns conceitos importantes acerca dessa temática no ambiente escolar.

- Discorreremos ainda, sobre a relevância de o professor desenvolver ações e práticas pedagógicas, que tenham como premissa a interdisciplinaridade.

 

O PROCESSO DE EVOLUÇÃO DO HOMEM NO PLANETA

De acordo com Capra (1996), ao resgatar a história da evolução do homem no planeta é possível observar que, desde os primórdios, o homem foi se distanciando da natureza e transformando seus modos de agir no ambiente. Suas descobertas e conquistas possibilitaram melhorias na sua qualidade de vida e, consequentemente, o homem começou a produzir excedentes.

As consequências desse contexto começaram a vir à tona sob a forma de problemáticas, tais como: a fome e a miséria que instalam nas cidades a poluição, o lixo, as doenças, a criminalidade, o desemprego.

No período da Revolução Industrial, ocorreu um intenso fluxo migratório do campo para as cidades, porém essas pessoas que migravam não estavam qualificadas para o trabalho no meio urbano, portanto não estavam aptas para esse serviço.

 

Rural-Campesino

Espaço-Tempo (Rural Tradicional)

Relações sociais e produtivas mediadas pela Natureza (que se impõe), tais como o clima, o solo, as chuvas. O tempo e o ritmo do trabalho são ditados (determinados) pelo homem, que organiza e dispõe o seu tempo e pela Natureza (época do plantio, época da colheita).

 

Urbano-Industrial

Espaço-Tempo Urbano

Natureza domesticada, subjugada pela capacidade humana e passa a ser vista como selvagem, distante do civilizado. O tempo e o ritmo do trabalho são ditados pelo modo de produção industrial, produtivista e acelerado, a velocidade passa a ser determinada pelas necessidades de acumulação.

Podemos dizer que os avanços das ciências e da tecnologia geraram qualidade de vida para a sociedade e a descoberta de cura para várias doenças, dentre outros benefícios. Ao mesmo tempo, o custo dessa evolução gerou consequências para o ambiente: pobreza e miséria por todo o mundo, índices altíssimos de poluição e desmatamento, doenças, catástrofes ambientais, enfim, fatores de desequilíbrio ambiental.

Diante dos registros acerca da evolução no planeta, podemos dizer que nos últimos séculos o ser humano se posicionou como o centro do Universo, acreditando que a Natureza estava à sua disposição. Utilizou os recursos naturais de forma irracional, como se eles fossem infinitos. Apropriou-se de seu processo, alterou seus ciclos, redefiniu seus espaços. (BRASIL, PCN, 1997)

 

MEIO AMBIENTE E EA NAS ESCOLAS: REFLEXÃO CONTEXTUALIZADA

- Vejamos uma imagem que representa uma visão fragmentada entre o homem e a Natureza.

 

 

 

 

 

 

Antropocentrismo

                                                                                              Água                     Minérios

e a visão                                                                       Homem

                                                               Solo

Fragmentada                                    Ar                           Fauna                   Flora     

 

 

Verifica-se, nessa imagem, o homem colocando-se no centro de tudo, sem se sentir como parte integrante do ambiente. Logo, o que estamos chamando de visão fragmentada é aquela que esteve e que talvez ainda esteja nas mentes humanas – o homem no centro do Universo sem integrar-se ao ambiente em que vive.

 

Antropocentrismo: é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do entendimento dos humanos, isto é, o Universo deve ser avaliado de acordo com a sua relação com o Homem, “o Homem no centro das atenções.”

 

Teocentrismo: é a filosofia ou doutrina que considera Deus o fundamento de toda a ordem no mundo. O significado e o valor das ações feitas às pessoas ou ao ambiente são atribuídos a Deus.

 

Vamos retomar os conceitos de meio ambiente: [...] um lugar determinado e ou percebido onde estão as relações dinâmicas e em constante interação com os aspectos naturais e sociais. Essas relações acarretam processos de criação cultural e tecnológica e processos históricos e políticos de transformação da Natureza e da Sociedade (REIGOTA, 2001, p. 21).

 

Ecocentrismo: trata-se de uma linha que apresenta um sistema de valores centrado na Natureza. Dessa forma, o homem sendo parte da Natureza, deve comportar-se harmoniosamente e em equilíbrio com a mesma.

 

Biocentrismo: concepção, segundo a qual todas as formas de vida são igualmente importantes, não sendo a humanidade o centro da existência. O antropocentrismo defende a responsabilidade do ser humano para com a Natureza, enquanto o biocentrismo, os deveres dele diante da Natureza (a Natureza é a titular de direitos). Fica claro que, sem os recursos naturais e sua manutenção, não sobrevivemos. Somos, portanto, dependentes desse ciclo ecológico. Todas as ações humanas em Sociedade têm relação com a Natureza.

A partir dessas considerações é possível visualizar e entender que o tema Meio Ambiente deve ser trabalhado no contexto escolar de tal forma, que fique claro para os alunos, desde a primeira etapa da educação básica, a ligação existente entre a Natureza e a Sociedade.

 

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DE EA NAS ESCOLAS

Meio ambiente: visão integrada

Litosfera: solo, rochas

Atmosfera: ar

Hidrosfera: rios, lagos, mares, oceanos

Biosfera: da qual nós fazemos parte, juntamente com a fauna e a flora

Meio ambiente: fatores bióticos, abióticos e a cultura humana

 

Conceitos importantes

Ecologia: estudo das relações de interdependência entre organismos vivos e desses com os componentes sem vida num espaço, resultando num sistema aberto (dinâmico) denominado ecossistema.

Fatores bióticos: todos os elementos causados pelos organismos em um ecossistema que condicionam as populações que o formam.

Fatores abióticos: todas as influências que os seres vivos possam receber em um ecossistema, derivadas de aspectos físicos, químicos ou físico-químicos do meio ambiente.

Após a reafirmação da necessidade de uma visão integrada para trabalhar projetos de EA, estamos aptos a verificar as três principais categorias de representações sociais do meio ambiente (REIGOTA, 2001):

 

- NATURALISTA: ideia de que o meio ambiente se resume à “natureza”.

- ANTROPOCÊNTRICA: a natureza deve servir ao homem.

- GLOBALIZADORA: predomina a ideia de meio ambiente integrado (natureza e as relações sociais).

 

Sugestões de leitura:

CAPRA, Fritjof. A teia da vida. 6. ed. São Paulo: CuLtrix, 2001.

REIGOTA, Marcos. Meio ambiente e representação social. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

 

ATIVIDADE

 

1 O tema Meio Ambiente deve ser trabalhado no contexto escolar de forma que fique clara para as crianças a ligação existente entre a natureza e a sociedade. Segundo Reigota (2001 apud CHINALIA, 2006), há três categorias de representações sociais do meio ambiente, são elas:

  1. ____________________: passa a ideia de que meio ambiente são apenas os elementos da natureza, ou seja, os elementos bióticos (seres vivos) e os elementos abióticos (solo, água etc.), excluindo-se o homem.
  2. ____________________: passa a ideia de que a natureza deve servir ao homem.
  3. ____________________: predomina a ideia de que meio ambiente são as relações sociais e naturais compreendendo desde a família até o planeta.

Assinale a alternativa correta que preencha as lacunas acima:

A) positivista – geocêntrica – racionalista.

B) relativista – ecocêntrica – realizadora.

C) intimista – geocêntrica – socializadora.

D) ambientalista – servidora – idealizadora.

E) naturalista – antropocêntrica – globalizadora. (CORRETA)

 

2 Conforme os estudos de Graziano e Lima (2005), o meio ambiente significa:

a)      O lugar onde há apenas elementos da natureza.

b)      O lugar onde as pessoas e os objetivos vivem separadamente.

c)       O terreno onde há exclusivamente elementos bióticos.

d)      O lugar onde as pessoas, animais e vegetais vivem. (CORRETA – porque mais completa)

e)      O espaço biológico habitado exclusivamente por vegetais.

Exibições: 8

Aniversários

Não há aniversários hoje

Fotos

Carregando...

Poema ao acaso

© 2017   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Relatar um incidente  |  Termos de serviço